terça-feira, 14 de maio de 2019

ILHABELA - SP

Seguimos com as postagens de nossa super acampada de verão... Dessa vez, partimos para conhecer um pedacinho do litoral norte de - SP e todos os seus encantos.

Nossa escolha da vez foi a maravilhosa cidade de Ilhabela - SP. Esta ilha que é mundialmente conhecida por sua belezas naturais, praias e cachoeiras paradisíacas. Era um desejo já antigo de conhecer e desfrutar desse paraíso, e em nossa viagem curtimos de tudo um pouco do que esta cidade incrível tem a oferecer.

O camping escolhido para nossa maravilhosa semana foi o Vellin Caravelas Camping, que fica localizado no bairro da Água Branca, está no caminho da Cachoeira da Toca, um pouco antes da entrada à estrada da Praia de Castelhanos, a maior e mais incrível do arquipélago. O camping foi inaugurado em 2015 e vem fazendo muito sucesso entre os campistas. Com seus mais de 15000 m², cercado pela natureza e em meio a corredeiras, conta com uma ótima estrutura sendo equipado com pontos de energia 220v, iluminação, banheiros, tanques, churrasqueiras, cozinha compartilhada, piscina, parque infantil e grande quiosque. Tudo isso foi essencial para que nossa acampada se tornasse inesquecível. Acampamos com toda infraestrutura necessária para curtir a ilha.
Sem dúvida alguma fizemos uma ótima escolha recomendamos o Vellin Caravelas Camping, fomos muito bem atendidos desde o primeiro contato via WhatsApp, ao chegar no camping todos os funcionários foram muito cordiais, destaque especial para o Sr Julião que faz ali um trabalho exemplar e ao proprietário do camping Sr Frederico que tivemos o prazer de conhecer durante nossa estadia. Fica aqui mais uma vez o nosso agradecimento por toda receptividade e cuidado com todos os campistas.
Quer conhecer um pouco mais sobre Ilhabela e esse incrível camping?
Veja a publicação abaixo e se apaixone por esse lugar...



Para chegar com carro ou motocicleta até Ilhabela é necessário fazer o percurso através da balsa. O embarque na balsa é feito na cidade de São Sebastião - SP e o desembarque na cidade de Ilhabela. O trajeto é curto (aproximadamente 30 minutos) e é feito de forma muito segura.


Tabela de Preços Balsa
(fonte DERSA - Antes de viajar consultar o site para verificar valores atualizados)

Saindo da balsa seguimos sentido ao norte da ilha, local onde esta localizado o camping e ao chegar, logo de cara ficamos encantados por seu  casarão com quase 150 anos onde fica a recepção.
  Fomos muito bem recepcionados e recebemos logo no check-in muitas dicas sobre o camping e a cidade, o ambiente da recepção é muito acolhedor e as funcionárias foram muito cordiais.






Após passar pela recepção principal, fomos encaminhados a recepção do camping / Park de aventura, ali recebemos uma pulseira de identificação, fomos recebidos pelo Sr Julião, um senhor muito simpático que nos mostrou toda a área de camping.



O estacionamento fica logo após a portaria principal, grandes árvores garantem a sombra durante o dia. (atenção, algumas árvores são "Jaqueiras" - aquele tipo de árvore que produz o fruto Jaca, fomos orientados a não estacionar o carro embaixo delas, para não correr o risco de ter o carro danificado pelas grandes frutas.


ATENÇÃO - Fica aqui um comentário muito importante.
No camping caravelas o carro precisa ficar parado no estacionamento, a partir deste ponto (da foto abaixo)  não há acesso para veículos, sendo assim, para que o campista possa descarregar as tralhas vai precisar caminhar com seus equipamentos de camping do estacionamento até a área destinada ao montagem das barracas. Para os campistas que carregam poucas coisas é muito simples, mas para os campistas como nós que carregam MUITA TRALHA fica um pouco mais complicado.


Ao chegar na área de camping escolhemos um local que ficava o mais próximo possível de sua entrada, assim evitamos de ficar ainda mais distantes do estacionamento.
Sem dúvidas o Vellin oferece um delicioso espaço, sua área de camping é toda gramada, com muitas árvores que garantem sombra em boa parte do dia.









O Caravelas também oferece um bom espaço coberto para a montagem das barracas, assim aqueles que utilizam um equipamento que não é tão resistente a chuva podem ter uma garantia a mais para não ter problemas em sua acampada.




Para montar nosso canto, escolhemos um delicioso espaço próximo às corredeiras, o mais próximo possível da área do estacionamento, em uma área plana, gramada e cercada por árvores que nos garantiram uma deliciosa sombra em todo o período da tarde.






O camping oferece uma ótima área de lazer e o espaço destinado as piscinas é lindo, as duas piscinas são de água natural e uma delas foi construída em meio às pedras fazendo com que ela fique ainda mais bonita. Curtimos ótimos momentos por aqui.









Ao lado da piscina fica um bar, que serve lanches, porções, sucos e bebidas.
(o bar funciona apenas nas épocas de temporada - de dezembro a março)


Próximo da área da piscina também ficam deliciosos chuveirões.


No camping existem duas áreas com banheiros e chuveiros. Esta área mostrada na foto abaixo foi recém construída, oferece uma ótima estrutura aos campistas, os banheiros estão divididos entre masculinos e femininos.
Nos banheiros masculinos são disponibilizados  3 espaços com vaso sanitário (sendo um deles adaptado ao uso de portadores de necessidades especiais) e três box com chuveiro com água quente.
Na semana em que estivemos por lá os banheiros sempre estavam limpos.







Nos banheiros femininos, assim como nos masculinos são disponibilizados  3 espaços com vaso sanitário (sendo um deles adaptado ao uso de portadores de necessidades especiais) e três box com chuveiro com água quente.
Na semana em que estivemos por lá os banheiros sempre estavam limpos.


O camping também oferece outra bateria de banheiros, estes ficam próximos a área de piscina, aqui são disponibilizados banheiros masculinos / femininos e também chuveiros com água quente / fria.






A cozinha comunitária é bem rústica e integrada à natureza, um ambiente delicioso e que oferece duas geladeiras, dois fogões,  pia e tanque.
Próximo da área da cozinha fica uma grande mesa que pode ser utilizada pelos campistas.







Churrasqueiras de alvenaria e mesas de madeira estão disponíveis em alguns pontos do camping e podem ser utilizadas pelos campistas.




O camping é cortado por um lindo riacho com águas cristalinas onde os campistas podem se banhar com tranquilidade. O som da água correndo pelas pedras dá um charme mais que especial ao camping, deixa o ambiente muito acolhedor.








Ao lado do riacho, logo na entrada do camping fica um espaço com "Aluguel de Barracas Prontas". Aqui o campista pode alugar as barracas como se estivesse em um hotel. Quer acampar mas não quer levar muita bagagem na viagem? Chegou ao lugar certo! (além da comodidade de aluguel de barracas o camping também oferece aluguel de kits - lençóis toalhas etc.)





Os quartos compartilhados são uma outra opção para aqueles que ainda não descobriram o prazer de acampar, muito limpos e aconchegantes garantem uma boa estadia aos hóspedes.



Junto ao Camping Vellin Caravelas fica o Ilha da Aventura EcoParque, um parque de aventura cheio de atrações para todas as idades. Além das áreas destinadas a prática de esportes também existe um grande quiosque que pode ser aproveitado pelos campistas, este é um espaço ideal para a realização de festas e eventos (atividades do parque não estão inclusas nos valores das diárias).







Área de aventura conta com complexo para arvorismo escalada e outros.
(atividades do parque não estão inclusas nos valores das diárias)




Em vários pontos do parque de aventura estão disponíveis pequenos quiosques com churrasqueiras, pia e geladeiras.
(atividades do parque não estão inclusas nos valores das diárias)


Também estão a disposição banheiro masculino / feminino




Na área do parque de aventura / camping foram construídas mesas de madeira, elas estão ao lado do rio e são um atrativo para piqueniques. 




Durante a noite resolvemos aproveitar um pouco mais desse maravilhoso espaço que é oferecido aos hóspedes. Nos fundos da área da recepção fica uma deliciosa pizzaria.






A área da pizzaria é ainda mais aconchegante que a área da recepção, o casarão realmente é puro charme e tem uma energia maravilhosa.






Uma maravilhosa pizza, atendimento incrível e preço justo, adoramos os momentos que passamos ali e nos deliciamos com tudo.




Depois de mostrar um pouco das maravilhas oferecidas pelo camping é chegada a hora de seguir conhecendo um pouco mais sobre a linda Ilhabela. Seguimos rumos as praias do norte para curtir tudo o que esse paraíso tem a oferecer.


Nossa primeira parada foi em uma "praia" na verdade um Deck que é utilizado para a prática do esporte Kite Surf. Passamos um tempo por ali observando o pessoal "surfando" nas ondas com seus equipamentos. No local estão disponíveis algumas vagas para estacionamento gratuito.





Aproveitamos os espaço para tirar algumas fotos e para curtir o sol
(neste deck existem pouquíssimos espaços com sobra).









Além da linda vista que pode ser apreciada do deck, nesse espaço também fica um chuveiro de água doce que pode ser utilizado pelos banhistas.





Por se tratar de um ponto onde o mar tem uma boa profundidade, muitos banhistas aproveitam o espaço para saltar. Dá um friozinho na barriga, mas vale muito a pena. Para subir de volta ao deck utilizamos escadas feitas em concreto que facilitam a subida.





Partimos do deck e ainda seguindo ao norte da ilha encontramos a praia de Pacuíba e podemos adiantar que para nós essa é uma das melhores praias de Ilhabela (melhor levando em consideração que para seu acesso não é necessário utilizar barcos).
Lindas paisagens, águas cristalinas fazem dessa praia um lugar delicioso para passar o dia. Para acessar a praia é preciso fazer uma pequena trilha com dificuldade média.

Comentários sobre a praia do site oficial de Ilhabela:
A Praia de Pacuíba é considerada por muitos um tesouro escondido de Ilhabela. Pequena e um pouco distante da estrada (de terra), conta com um macio gramado e a cobertura de várias árvores do tipo “Chapéu de Praia”, o que dispensa o uso de guarda-sol. A estreita faixa de areia com muitas praias desaparece na maré cheia, e as ondas tomam conta da praia quando venta forte. Mas, na maré baixa, proporciona um belo cenário – fora ou dentro d’água, já que também é point de mergulhadores.É lá que se encontra um dos mais importantes sítios arqueológicos de Ilhabela. Esta praia abrigou um importante engenho de cana de açúcar e inúmeros escravos, além de uma pequena bateria de defesa contra corsários. Alicerces construtivos e colunas desse importante patrimônio histórico ainda podem ser vistos à beira mar.
COMO CHEGAR: Está a 17 km ao Norte da balsa, entre as praias da Armação e do Jabaquara. O acesso é por uma estreita trilha a partir da estrada de terra. Dica: não esqueça o repelente, os borrachudos também adoram o visual da Pacuíba.












As imagens falam por si só, a praia de Pacuíba tem um visual de encher os olhos.















Seguindo mais ao norte da ilha encontramos a nossa praia preferida, a praia do Jabaquara é a praia mais distante no norte da ilha (que pode ser acessada por carro) para chegar lá é preciso andar por um trecho de estrada de terra, mas não é necessário carro com tração 4x4.
A praia é paradisíaca, maravilhosa mesmo, cheia de encantos naturais. Outro diferencial dessa praia é que além de poder se banhar nas águas do mar também é possível aproveitar de um rio que corta a mata e desagua no mar de Jabaquara.
Chegando na Jabaquara você terá algumas opções de estacionamento, alguns que são mais próximos das faixa de areia tem valor em torno de R$ 30,00 por dia. Alguns banhistas preferem estacionar o carro na estrada e fazer trilhas a pé para chegar a praia e assim não pagam a taxa de estacionamento .

Comentários sobre a praia do site oficial de Ilhabela:
A Praia do Jabaquara é um local paradisíaco com visual expressivo. Está entre as praias mais belas e preservadas de Ilhabela. Com aproximadamente 500 m de extensão, larga faixa de areia clara e muitas árvores ao seu redor, é famosa por suas águas transparentes. Essa praia é cortada por dois riachos, um em cada extremidade, que completam o cenário paradisíaco. O rio que deságua no lado direito forma uma linda lagoa de água doce, separada do oceano pela faixa de areia e por grandes pedras entre as quais o riacho passa antes de chegar ao mar. Por ter águas calmas e transparentes, a baía que emoldura a praia do Jabaquara é muito procurada para pesca e caça submarina. Se você deseja um local calmo, com ar selvagem, mas que possa ser acessado com seu automóvel de passeio, essa é sua melhor opção. É a última praia com acesso pela estrada (neste trecho, já de terra). Há também agências de turismo que oferecem roteiros para o Jabaquara a bordo de escuna ou barcos de passeio. A praia conta com quiosques e restaurantes que servem porções e pratos à base de peixe e frutos do mar, além de bebidas e infraestrutura com estacionamento, banheiros e ducha de água doce. Dica: não esqueça do repelente! Por ser mais isolada e rodeada de mata, a praia é uma das preferidas dos borrachudos.
COMO CHEGAR: Jabaquara está a 22,5 Km ao Norte da balsa, entre as praias do Pacuíba e da Fome. Após o fim do asfalto, são 8km de estrada de terra que não oferece grandes dificuldades e pode ser acessada por veículos de passeio, sem necessidade de tração 4×4. No final da estrada, antes de descer para a praia, vale uma pausa para fotos no mirante, de onde se avista toda a praia do Jabaquara.


Da estrada em um mirante natural é possível ver quase toda a faixa de areia da praia, a beleza é de impressionar.

























 





Depois de conhecer algumas das maravilhas do norte da ilha partimos para conhecer o lado sul da ilha, nossa primeira parada foi na exuberante ilha das cabras. Este local é um importante ponto de mergulho, suas águas cristalinas e natureza preservada dão um toque mais que especial ao local.

Comentários sobre a praia do site oficial de Ilhabela:
A Ilha das Cabras é um dos ilhotes que fazem parte do arquipélago de Ilhabela, e é sem dúvida um dos pontos mais visitados da ilha. Fica logo no início do lado Sul de Ilhabela, em frente à primeira praia - Praia das pedra Miúdas, separadas por 200 metros do canal com 12 metros de profundidade. É nesta região que está localizado o Santuário Ecológico Submarino, protegido por lei da caça e pesca submarina desde 1992. Nessas águas, é possível encontrar as mais variadas espécies de peixes ornamentais e outros habitantes marinhos, como tartarugas, estrelas-do-mar e, se tiver sorte, cavalos-marinhos. Não é para menos que é a favorita dos mergulhadores amadores e profissionais, que contam com diversas escolas de mergulho em Ilhabela que oferecem todo o suporte para a prática do esporte e cursos.Além as águas transparentes e dos atrativos naturais, os mergulhadores podem encontrar a 7 metros de profundidade uma estátua de Netuno, onde formam-se corais que atraem ainda mais as espécies marinhas. Existe, ainda, boa infraestrutura de bares e restaurantes aos turistas, que podem passar o dia todo tranquilos admirando a bela paisagem.
COMO CHEGAR:  A Ilha das Cabras fica em frente à Praia das Pedras Miúdas, a 2 km da balsa e 8,5 km da Vila, com fácil acesso pela estrada que leva ao sul da ilha. Estacionamento no local.










Um dos comerciantes da cidade nos indicou a ilha das cabras para o mergulho com Snorkel, também nos indicou a empresa Colonial Diver. Fomos muito bem recebidos, atendidos de maneira exemplar, escolhemos o mergulho da promoção da semana (1 hora com Snorkel + translado de ida com de barco até as proximidades da ilha e translado de volta até o ponto e encontro). Foram nos fornecidos equipamentos de qualidade, esterilizados e em ótimas condições de uso. O melhor de tudo foi o preço R$ 25,00 por pessoa.


Agora, vem a parte "triste" de nossa acampada, passamos mais de 50 minutos tirando fotos e fazendo vídeos subaquáticos dos arredores da ilha das cabras, mas infelizmente o cartão de memória de nossa GoPro Hero6 parou de funcionar, perdemos 99,9 das mais de 3 mil fotos de nossa viagem, mas conseguimos recuperar esta linda imagem que mostra um pouco da natureza intocável da Ilha das Cabras, esperamos poder voltar em breve para poder mostrar para vocês com mais detalhes as maravilhas desse lugar incrível.


Seguindo mais ao sul da ilha encontramos a Praia da Feiticeira que é uma das mais famosas de Ilhabela, querida especialmente por quem vem em busca de tranquilidade em família. Com 250 metros de areia grossa, é procurada por quem deseja sossego. Duas cachoeiras desaguam entre a praia e a costeira ao sul. O acesso é feito passando por uma cachoeira artificial que deságua na praia. O mar calmo e claro também é propício para os praticantes de mergulho de flutuação. A ponta direita abriga um luxuoso condomínio, e a ausência de bares, quiosques e outros tipos de comércio contribuem para o sossego do lugar.
COMO CHEGAR: A cerca de 6 km da balsa no sentido Sul, e 11,5 km da Vila (Centro Histórico). Fica entre as praias do Portinho e Julião. A entrada é indicada por uma placa na estrada, em frente ao Posto Policial.











Ainda no sul da ilha partimos rumo a Praia Grande que como o próprio nome diz é uma das maiores de Ilhabela. Com uma orla de aproximadamente 600 m de extensão, é também uma das praias com melhor estrutura para os turistas que gostam de conforto e serviço de praia, com direito a duchas e estacionamento público.
Possui dois quiosques que servem pratos, porções e bebidas em mesas distribuídas pelo lado esquerdo da praia, onde também há um rio que deságua na praia. Próximo ao rio, um pier de madeira dá suporte às embarcações (algumas ficam disponíveis aos turistas para passeios pela ilha) e é também atrativo aos pescadores e garotos que gostam de saltar do pier para um mergulho. Assim como a maior parte das praias do lado Sul de Ilhabela, é uma praia de tombo, portanto atenção com as crianças ao entrarem na água. Com areia mais grossa e amarelada, o destaque fica por conta do mar azul e transparente, excelente para o banho ou esportes aquáticos como caiaque e stand up paddle.
COMO CHEGAR: Localização: Está a 6,5 km da balsa e a 13 km da Vila. O acesso é pela estrada que leva ao Sul da ilha, e a Praia Grande e fica entre as praias do Julião e do Curral.











Ainda no lado sul da ilha chegamos a charmosa Praia do Portinho que é uma das primeiras do Sul da Ilha, e faz parte do Santuário Ecológico Submarino da Ilha das Cabras, o que atrai mergulhadores para conferirem de perto as diversas espécies com visibilidade de até 10 m. A pesca, caça e coleta de animais submarinos são proibidos, pelas preservação do santuário. Com 60 m de extensão, possui estacionamento e quiosques, além da capela de Santo Antônio, construída em 1938. Recentemente, foi construído um pier e reurbanizada a praça em frente à praia, o que torna possível a permanência à noite com a família e amigos. Um ponto de encontro agradável e com estrutura para a tranquilidade dos visitantes.
COMO CHEGAR: Ao Sul da ilha, a 4 km da balsa e cerca de 2 km depois da Ilha das Cabras, ente a praia do Oscar e da Feiticeira. O acesso é fácil pela estrada que leva ao sul da Ilha, e há algumas vagas de estacionamento no local.






O visual dessa praia é maravilhoso, muitos pontos com pedras que são ideais para a prática de mergulho e que fazem deixam  lugar com m lindo visual que garante lindas fotos.
















A cidade de Ilhabela tem muitos decks que são utilizados pelos turistas para desfrutar das lindas paisagens da cidade. São inúmeros pontos de observação e em cada parada lindas surpresas.
















Ilhabela é uma cidade cheia de atrativos naturais e alguns deles são em lugares de difícil acesso e para que os turistas possam curtir esse paraíso como um todo a cidade tem diversas agências de "Turismo de Aventura", por todos os cantos da cidade você pode encontrar locais que oferecem passeios de barco e jipe 4x4.
Depois de muito rodar pela cidade em busca dos passeios, escolhemos a empresa LandPoint. Nossa escolha foi feita 100% por conta do ótimo atendimento. Em um primeiro momento passamos pela agência para conhecer os passeios e recebemos muito mais que isso, os funcionários da empresa nos deram muitas dicas sobre a cidade, praias cachoeiras além de falar sobre os muitos atrativos turísticos para só depois nos apresentarem os passeios de barco e 4x4.

Boa parte das agências de turismo receptivo oferecem esses passeios, recomendamos ATENÇÃO quanto as diferenças entre as opções.
Nós optamos por fazer o passeio MAR x TERRA (este oferece duas paradas para banho de 30 minutos em praias paradisíacas e menos tempo na praia de Castelhanos. Fazendo o passeio desta forma ao chegar em castelhanos o tempo restante é suficiente apenas para um bom almoço).
Já o passeio MAR x TERRA oferece mais tempo na praia de castelhanos (inclusive o tempo é suficiente para se fazer a feita a trilha para a cachoeira do gato) e menos tempo nas outras praias (apenas paradas rápidas sem tempo para banho).


O que falar pelo passeio de barco? Vale a pena?  É tranquilo? E aí curtiram?
Vamos então comentar sobre o passeio de barco. Em nossa humilde opinião, o passeio valeu sim a pena, mas está longe de ser um passeio tranquilo, pois passamos umas 3 horas em um "flexboat" (um pequeno barco parecido com aqueles utilizados por salva vidas nas praias) em um mar agitado com ventos fortes e muitas ondas, tornando o passeio uma verdadeira aventura em alto mar, que foi agravada pelo desconforto de ficar exposto ao sol forte devido ao barco não ter cobertura (o barco até tinha um toldo, que segundo o marinheiro não poderia ser utilizado devido aos ventos fortes).
Curtimos sim o passeio, as praias são belíssimas e as paisagens paradisíacas, acreditamos que com um barco maior e em dias em que o mar está mais calmo o passeio seja melhor aproveitado.
Para esse passeio não esqueça de levar chapéu, roupas de banho, roupas secas e repelente, pois o passeio inicia pela manhã e o retorno é feito apenas no fim da tarde.





A primeira parada foi em uma praia que fica entre as praias do Jabaquara e do Poço, a belíssima e calma praia da Fome é famosa pelas condições ideais para a prática de mergulho. Com areias claras, águas transparentes e árvores que garantem a sombra para os visitantes.
Na paisagem, existem ainda algumas casas de pescadores que costumam deixar seus barcos atracados no mar. Um grande casarão histórico destaca-se como um importante exemplar do patrimônio edificado de Ilhabela, que guarda em suas paredes de pedra e cal e no interior de suas janelas e portas de folhas cegas parte da história da Ilha de São Sebastião.
Muitas embarcações passam pela praia da Fome, mas poucas delas param por lá, o que torna a praia uma boa opção para quem quer apreciar um lugar calmo e com águas transparentes para o mergulho de flutuação ou pesca submarina.
Curiosidade: O nome “Praia da Fome” vem da história de que ali em um casarão os escravos eram alimentados depois de longa e precária viagem da África, para depois serem vendidos conforme seu peso. Antigamente era principal ponto de tráfico de escravos, as ruínas de uma antiga senzala se transformaram em casa de veraneio.
Localização: Está no lado norte da ilha, entre as praias de Jabaquara e Poço. Para chegar por terra, há uma trilha que sai do Jabaquara e dura cerca de 40 minutos. De barco, partindo da Praia do Perequê  o passeio leva cerca de 20 minutos para chegar. Há também agências de passeios que realizam roteiros de escuna até a Praia da Fome.





Devido ao inúmera quantidade de agências de turismo que oferecem os passeios alguns pontos da praia tem muitos barcos atracados.

Saindo do ponto de parada dos barcos, seguimos por uma pequena trilha que nos leva a uma linda vista e a pontos mais tranquilos desse paraíso. Ficamos realmente encantados por tudo o que vimos por ali.









Este casarão é o local onde os escravos eram alimentados que faz parte da história da praia da fome.












A segunda parada foi na Praia do Saco do Eustáquio que tem como principal característica as águas tranquilas e incrivelmente transparentes, consideradas entre as mais cristalinas de toda Ilhabela. Com 150 m de areias brancas, o local está abrigado do mar aberto pela Ponta da Cabeçuda, que separa o Eustáquio da Baía dos Castelhanos, e pela ilha de Búzios logo à frente, o que permite formar uma grande lagoa.
Perfeita para um banho de mar e mergulho de flutuação, os visitantes encontram nessa linda praia dois bares que servem frutos do mar frescos a preços honestos. Atrás deles, a subida em uma pequena elevação permite uma visão panorâmica da baía de Castelhanos, Ponta da Cabeçuda, Ilha da Serraria e do próprio Saco do Eustáquio.
Localização: No lado Leste da ilha, entre a Praia de Guanxuma e a Ponta da Cabeçuda. O acesso é somente pelo mar, algumas agências de turismo oferecem passeios de barco com roteiros que passam pelo Eustáquio.












A última parada foi feita na Praia de Castelhanos, praia de ondas fortes e natureza exuberante. Considerada uma das praias mais belas do Brasil, a Praia de Castelhanos é também a favorita da turma off road. Isso porque o acesso principal é por uma estrada de 15km que corta a Ilha no sentido Oeste a Leste, por meio da exuberante flora da Mata Atlântica do Parque Estadual de Ilhabela, e só veículos 4×4, motos ou bicicletas são permitidos. Para os mais corajosos, é possível fazer a trilha a pé.
Na chegada, a recompensa: uma praia de areias claras com cerca de 1,5km de extensão e mar aberto com ondas (diferente do lado Oeste da Ilha) onde é possível a prática do surfe. Suas fotos mais famosas são de sua baía de águas azul claras formando um coração, que pode ser avistado de um mirante onde se chega por uma pequena trilha no canto da praia.
Os habitantes da região são uma antiga comunidade caiçara, muitos trabalham no atendimento aos turistas nos diversos quiosques com serviço de bar, restaurante e estrutura de praia. A partir de lá, é possível fazer diversas trilhas para as praias vizinhas (Mansa, Vermelha e Figueira), ou para a Cachoeira do Gato, uma das maiores quedas da ilha com 80m de altura, que pode ser vista do mar. Vale também a visita ao Mirante do Canto do Gato, para conferir uma bela vista panorâmica da baía de Castelhanos.
Localização: Está no lado Leste da ilha. Para chegar, só a bordo de veículos 4×4 ou barco. Atenção para os horários de acesso ao Parque Estadual e limite diário de número de veículos particulares. Os mais atletas podem se aventurar no trekking ou de bike.






Nossa parada foi no quiosque do Alemão um restaurante tipicamente praiano literalmente pé na areia (as mesas são colocadas na areia da praia). O restaurante oferece uma grande variedade de pratos e bebidas além de ser um ambiente muito aconchegante para passar algumas horas e o melhor é que tudo é oferecido com preço justo, sem exageros.


Escolhemos um prato simples mas com muito sabor (iscas de tilápia empanadas, arroz e farofa).



Ambiente muito agradável e ótimo atendimento são um diferencial do Restaurante do Alemão






O retorno de nosso passeio foi feito em Jipe 4x4, um passeio muito agradável por dentro do Parque estadual de Ilhabela. Curtimos a aventura e as lindas paisagens do lugar.





Durante a volta os jipeiros fazem uma parada em um mirante de onde tivemos a vista de boa parte da faixa de areia da praia de Castelhanos, o tempo estava com algumas nuvens e por isso a imagem não ficou tão bonita quanto normalmente podemos ver em fotos na internet.




Outro ponto de parada dos jipes ainda dentro do Parque Estadual de Ilhabela é na Trilha da Água Branca, um local que leva a várias cachoeiras. Nesse ponto fizemos uma rápida parada para poder voltar para a cidade, por isso conhecemos apenas a primeira cachoeira que é muito bonita e é um ótimo local para banho (bem lotada devido a grande quantidade de jipes que fazem a parada por ali).











Ilhabela não é feita apenas de praias, na verdade Ilhabela também é o paraíso para quem ama trilhas e cachoeiras, como adoramos tudo isso escolhemos algumas para visitar.
Nossa primeira parada foi na cachoeira dos três tombos.
 Essa cachoeira tem trilhas muito bem cuidadas, preparadas para receber turistas de qualquer idade. Na portaria fomos recebidos por uma funcionária muito simpática que nos deu todas as informações e orientações sobre o local.

Informações site oficial Ilhabela:
A Cachoeira dos Três Tombos conhecida também como Cachoeira da Pancada d’Água fica no Parque Estadual de Ilhabela e tem fácil acesso. Pode-se chegar de carro a poucos metros da primeira queda. É a trilha mais curta e acessível aberta à visitação, o percurso é de 720 metros (ida e volta). A cachoeira fica próxima à Praia da Feiticeira, no sul da Ilha e é chamada de Três Tombos pois são três as quedas d’água que formam o complexo.
Ideal para quem quer caminhar pouco, tomar um banho rápido e mesmo assim ter experiência de caminhar em meio à Mata Atlântica preservada. A região tem grande quantidade e diversidade de aves, onde pode ser praticado o birdwatching, para observá-las procure realizar a visita em momentos menos visitados.


As trilhas são bem sinalizadas e muito conservadas, facilitando muito o acesso aos três tombos, encontramos por ali muitos turistas curtindo a natureza.




Partimos rumo a primeira queda, encontramos muitos banhistas pois este é o melhor local para banho (onde está o poço mais profundo com maior área para banhistas).








Ao chegar na segunda queda já encontramos menos banhistas e uma linda vista para a praia.
Nesta segunda queda não tem nenhum poço, apenas a queda d'água com uma pequena corredeira.





No terceiro tombo encontramos uma bela cachoeira e muitos banhistas encantados pela maior queda d'água entre os três tombos a natureza exuberante emoldura a belíssima cachoeira.





Passear pelas trilhas de Ilhabela é certeza de ser surpreendido a cada momento, encontramos esse simpático esquilo passeando por entre as árvores.



Saindo da Cachoeira dos Três Tombos, partimos rumo a um lugar ainda mais isolado a Cachoeira do Paquetá, ela está localizada ao sul da ilha, no bairro bexiga. Seu nome tem origem tupi, já que o local abriga muitas pacas. É importante lembrar que a trilha, é de dificuldade alta, e não são todos que conseguem chegar até o final (a trilha não tem manutenção da prefeitura e exatamente por isso a recomendação é que se tome muito cuidado). Para chegar até o último ponto da trilha andando devagar e com cuidado será preciso caminhar por aproximadamente 45 minutos.

Após algum tempo de caminhada chegamos ao primeiro poço, também conhecido como Ribeirão, ou Cachoeira do Bexiga. Como chegamos bem cedo, encontramos por ali poucos banhistas. Ficamos por ali pouco tempo, pois nosso desafio era chegar ao ponto mais alto e a mais belo (a cachoeira de borda infinita com vista para o mar). As cachoeiras de Ilhabela são realmente maravilhosas, com águas claras e cercadas por muita natureza.




Depois de caminhas um bocado decidimos parar para nos refrescar na segunda queda, um delicioso poço com diversos níveis de profundidade que nos garantiu momentos deliciosos.










 


Subindo para a terceira queda dá para ver boa parte da área da segunda queda d'água e já é possível avistar um pedacinho do mar.


Depois de uma boa caminhada por trilha de dificuldade alta, finalmente chegamos ao ponto mais esperado da cachoeira do Paquetá, a vista lá de cima é deslumbrante e a borda infinita da cachoeira impressiona, ao chegar e se deparar com tamanha beleza entendemos porque tantos turistas procuram esse lugar. Simplesmente maravilhoso e fez vale cada minuto da caminhada.








Outra atração imperdível do local é um escorregador natural (corredeiras por entre as pedras formam um escorregador que tem como ponto final o pocinho de borda infinita).
Claro que aproveitamos para curtir mais essa aventura.







Um pouco mais para cima da área do escorregador um delicioso pocinho em meio a sombra garante um refrescante banho aos turistas.



Ilhabela tem muitos encantos naturais, mas também tem um belo centro histórico que é parada obrigatória para os turistas. Este local é repleto de construções históricas, lanchonetes, restaurantes, sorveterias, lojas e tudo o que os turistas adoram conhecer. O centro histórico é parada obrigatória para todos os viajantes que queiram conhecer a história da ilha.

Uma bela construção chama muito a atenção, desde que foi construída, em 1804, já funcionou no lugar a Câmara, Delegacia e dizem que até Teatro.



Ao lado do prédio histórico fica a igreja Matriz de Nossa Senhora D' Ajuda e Bom Sucesso.
Aqui podemos ver mais uma das inúmeras obras do escultor  de Gilmar Pinna.



Quer um delicioso açaí com aquele precinho incrível?
Aproveitamos para se deliciar com essa maravilha de Ilhabela.






Se durante o dia a cidade já eh maravilhosa, durante a noite ela fica ainda mais bela e charmosa, o prédio da antiga cadeia continua chamando a atenção por sua imponência.


Durante a noite a belíssima igreja rouba todos os olhares, sua fachada iluminada por holofotes azuis chama para si a atenção de todo vilarejo.
A capela foi construída por volta de 1706 vigário Manuel Gomes Pereira Marzagão e por esse motivo, tornou-se a padroeira do município.






Ilhabela também é muito conhecida por sua vida noturna e a "Rua do Meio" é a rua mais badalada e mais conhecida de cidade. Aqui além de muitas lojas, bares e restaurantes também acontecem muitas apresentações populares (músicos mostrando seu trabalho por todos os lados). A rua do meio é uma rua deliciosa para passear durante o dia e a noite.




Boa Música faz parte do roteiro de Ilhabela



O centrinho de Ilhabela é um local onde todos podem frequentar, por ali encontramos desde aquelas barraquinhas de rua com comida com preço muito baixo até restaurantes com alta gastronomia e aquele precinho "especial" que não cabe no bolso de todo mundo.




Enquanto curtíamos um passeio pelas ruas de Ilhabela nos deliciamos com um maravilhoso sorvete








Escolhemos um tradicional restaurante da cidade para fechar nossa semana em Ilhabela, com comida deliciosa, preço justo e ótimo atendimento, sem dúvida um ótimo local.








COMENTÁRIO GERAL SOBRE
ILHABELA X BORRACHUDOS

Há anos tínhamos o sonho de conhecer esse paraíso, mas sempre fomos adiando, adiando e adiando devido aos relatos de que "Ilhabela tem muitos Borrachudos". Isso ocorre devido a grande grande quantidade de nascentes de água, cachoeiras e natureza preservada.

Constatamos o seguinte:
Ilhabela tem sim muitos borrachudos, mas nada que não possa ser resolvido com um pouco de cuidado.
Passamos uma semana por lá sem nenhum transtorno e estamos doidos para voltar novamente.
 Quer ir para Ilhabela sem se preocupar com os borrachudos?

Siga as orientações abaixo:
* O maior segredo é usar repelente em todos os momentos em que você estiver em contato com a natureza (praias, cachoeiras. parques etc).
* Recomendamos que o repelente seja aplicado já na barraca / carro / pousada. (antes de chegar aos locais onde estão os borrachudos).
* O repelente deve ser "reaplicado" de acordo com a necessidade (em caso de contato com a água ou suor extremo seque o corpo e reaplique o repelente).

Portanto:
* Leve de casa um repelente, assim quando chegar na ilha já estará mais tranquilo;
* Ao chegar na ilha, procure imediatamente o repelente CITROILHA (repelente a base de citronela são muito mais eficazes que os repelentes "comuns" encontrados nas farmácias).
* Leve de casa uma pomada para picadas, e passe imediatamente caso seja picado por algum inseto.
* Em caso de picadas resista a coceira evitando de se coçar o ferimento, assim passará mais rápido.

OBS: Na cidade de São Sebastião, encontramos uma lojinha de produtos naturais que faz um repelente incrível, deve repelir qualquer coisa rs, ele é bem forte e tem um cheiro que mistura óleo de eucalipto com citronela.

REPELENTE NATURAL



 CITROILHA



Chegada a hora de voltar para casa decidimos pegar a balsa bem cedo, para evitar congestionamentos. Deixamos Ilhabela, mas com muita vontade de voltar, esperamos poder estar em breve de volta a esse paraíso.



INFORMAÇÕES IMPORTANTES

VELLIN CARAVELAS CAMPING
Valor Diária De Camping Por Pessoa
R$ 35,00
(verificar dias de funcionamento, tarifas e condições diretamente com o camping)

 DISTÂNCIAS
  Ilhabela - SP / Águas de Lindóia - SP - 318 km
Ilhabela - SP / São Paulo - SP - 203 km
   Ilhabela - SP / Campinas - SP - 285 km
Ilhabela - SP / Belo Horizonte - MG - 660  km

Site de Turismo da Cidade
https://www.ilhabela.com.br/

Contato Caravelas Camping

Fone / Celular WhatsApp

(0xx12) 9 8144-2101
Endereço:Av. Cel. José Vicente de Faria Lima, 1245 - Água Branca, Ilhabela - SP,
 
Por enquanto é só isso amigos... Em breve mais postagens sobre nossas viagens e avaliações dos locais onde já nos hospedamos...
Gostou de nossa postagem? Comente!!!!
Compartilhe em seu Facebook
Até a Próxima...
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK
  https://www.facebook.com/barraqueirossp

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO FACEBOOK
  https://www.facebook.com/groups/barraqueirossp/

SIGA NOSSO INSTAGRAM
https://www.instagram.com/barraqueirossp/

Acampar é Viver

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado Pelo Comentário Querido Amigo... Seus Comentários Nos Incentivam A Postar Mais e Mais ;) Obrigado de Coração... Um Abraço Dos Barraqueiros...